Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

Principais bolsas europeias sobem;Suíça é destaque de baixa

As principais bolsas de valores da Europa fecharam em alta nesta sexta-feira, mas o índice de ações do continente caiu pressionado pela queda no mercado acionário suíço.

REUTERS

22 de maio de 2009 | 14h51

O índice FTSEurofirst 300, referência das principais bolsas europeias, recuou 0,18 por cento, para 856 pontos.

Índices na Grã-Bretanha, Alemanha e França terminaram em alta, enquanto as ações suíças caíram 1,8 por cento. O mercado financeiro da Suíça não abriu na quinta-feira em razão de feriado, amargando nesta sessão as perdas da véspera verificadas nas bolsas da região.

Ações defensivas ficaram entre as mais fracas na Europa, com as farmacêuticas Novartis, AstraZeneca, GlaxoSmithKline e Sanofi Aventis perdendo de 0,9 por cento a 1,9 por cento. A Nestlé também apresentou queda de 1,8 por cento.

Entre outros papéis suíços, as ações do banco Credit Suisse recuaram 2,7 por cento e as do UBS caíram 4,8 por cento.

Analistas disseram que os mercados devem se consolidar e então podem operar em baixa antes de uma recuperação no final do ano.

"Para ganhar mais nós precisamos de boas notícias e bons resultados. O mercado vai se consolidar nos atuais níveis --nós achamos que as perdas de março permanecerão", disse Victor Peiro Perez, estrategista da Caja Madrid Bolsa.

"Sobre os bancos nós temos visto mais ou menos uma estabilização de capital, mas o que precisamos agora são melhores lucros, maiores margens de ganho e fundamentalmente bons números", acrescentou.

A valorização de mineradoras limitou o declínio do índice FTSEurofirst 300. Fresnillo, Kazakhmys, Rio Tinto e Vedanta avançaram entre 3,7 por cento e 7,8 por cento.

O FTSEurofirst 300 acumula alta de cerca de 3 por cento neste ano graças ao forte rali desde 9 de março. O índice caiu 45 por cento em 2008 devido à crise de crédito que afundou os bancos e colocou as principais economias em recessão.

Em LONDRES, o índice Financial Times fechou em alta de 0,46 por cento, a 4.365 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX ganhou 0,37 por cento, para 4.918 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 subiu 0,33 por cento, para 3.227 pontos.

Em MILÃO, o índice Mibtel avançou 0,59 por cento, a 15.801 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 teve valorização de 0,9 por cento, aos 9.308 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 fechou em alta de 0,76 por cento, a 7.230 pontos.

(Reportagem de Sitaraman Shankar)

Tudo o que sabemos sobre:
BOLSAEUROPAFECHA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.