R$ 1,57 bi

E-Investidor: Tesouro Direto atrai mais jovens e bate recorde de captação

Principal executivo da GM deve renunciar nas próximas horas

Notícia chega no mesmo dia em que Obama condiciona ajuda governamental à reestruturação no setor

AP

29 de março de 2009 | 18h06

Um informante com conhecimentos dos planos da General Motors informou que o presidente da empresa vai renunciar ao cargo em breve. A fonte pediu para não ser identificada, já que a informação ainda não foi divulgados oficialmente.

 

Veja também:

linkMontadoras terão ajuda, mas precisam de mudanças, diz Obama

linkPlano de demissão voluntária da GM nos EUA atrai 7,5 mil

especialDe olho nos sintomas da crise econômica 

especialDicionário da crise 

especialLições de 29

especialComo o mundo reage à crise  

 

A notícia chega no mesmo dia em que o presidente dos EUA, Barack Obama, revelou os planos parar revigorar a indústria automotiva do país. Obama disse que exige profunda reestruturação na General Motors e na Chrysler antes de conversar sobre possíveis novos empréstimos governamentais.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.