Príncipe Harry é alvo de trote na Academia Militar de Sandhurst

O príncipe Harry da Inglaterra, que faz um puxado curso de instrução na Academia Militar de Sandhurst, foi alvo de um trote que visa a fomentar o espírito de equipe entre os jovens cadetes. Ao voltar de um treino, Harry, de 20 anos, ficou pálido ao descobrir que todos seus pertences (roupa íntima, botas, carteira e roupas) tinham sido jogados no pátio.Harry, que estava extenuado por causa do esforço feito anteriormente, colocou as mãos na cabeça em um gesto de desespero e só reagiu quando seus companheiros de pelotão e, até mesmo seu instrutor, se ofereceram para ajudá-lo a recolher tudo imediatamente.Segundo o Sunday Mirror, que informa sobre o ocorrido hoje, ninguém quis se vingar do terceiro na linha de sucessão do trono britânico, pois se trata de um exercício idealizado pelos próprios instrutores para fortalecer o espírito de equipe dos cadetes. Um ex-cadete descreveu-o como algo destinado a destruir o individualismo e a garantir que os militares aprendam a cooperar entre eles e a trocar favores porque sempre alguém precisa de alguma coisa.A imprensa britânica publicou nos últimos dias fotos de um Harry muito diferente do jovem arruaceiro que tinha até agora. Nelas, o príncipe aparece durante uma marcha com rosto sério, uma mochila com 25 quilos e o dedo no gatilho de uma espingarda SA80.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.