Probabilidade de falência da OGX é zero, diz Eike

O empresário previu ainda que, até o final do próximo ano, a petroleira estará produzindo 250 mil barris diários de petróleo

Sérgio Torres, da Agência Estado,

27 de junho de 2012 | 19h58

RIO - O empresário Eike Batista, em resposta à pergunta de um analista em teleconferência realizada nesta quarta-feira, descartou a possibilidade de vir a decretar a falência da OGX, petroleira da holding EBX, do qual é presidente. "É zero a probabilidade de falência.O grupo tem US$ 9 bilhões em caixa. Vamos produzir ainda muito petróleo", afirmou Eike.

250 mil barris por dia

O empresário previu ainda que, até o final do próximo ano, a OGX, petroleira da holding EBX, estará produzindo 250 mil barris diários de petróleo. Ele disse que a futura produção será obtida em três áreas do campo de Waimea, na Bacia de Campos (litoral do Estado do Rio de Janeiro).

Hoje, segundo ele, a produção em Waimea atinge 7.549 barris diários. Cada vez mais, acrescentou o empresário, a OGX

focará em produção de petróleo, em detrimento da exploração. "A empresa está passando da fase de exploração para a de produção", explicou Eike.

Investimentos serão mantidos

Por meio de nota, o Grupo EBX reafirmou sua disposição de manter os investimentos. "O Grupo EBX segue firme no seu plano de investimentos da ordem de US$ 15,7 bilhões em dois anos. As companhias do Grupo estão capitalizadas, com recursos suficientes para garantir a execução dos projetos estruturantes desenvolvidos no País. Todas as empresas do Grupo EBX vêm cumprindo seus planos de negócios e geram 20 mil postos de trabalho nos empreendimentos em operação e construção."

Tudo o que sabemos sobre:
eikeacionistasogxebx

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.