Coluna

Thiago de Aragão: China traça 6 estratégias para pós-covid que afetam EUA e Brasil

Procel: economia de energia na ponta do lápis

O consumidor pode racionar energia elétrica e dinheiro sem perder o conforto, apenas alterando hábitos diários. Essa é a afirmação do Programa Nacional de Conservação de Energia (Procel). Veja alguns exemplos do Procel de economia no banho:- Se, numa casa com cinco pessoas, cada uma diminuir o banho de chuveiro elétrico em apenas um minuto por dia, a conta de luz, no final do mês, vai baixar R$ 3,00. Se cada pessoa que reside na região Sudeste reduzir em um minuto o tempo de seu banho por dia, representaria uma economia mensal de cerca de 260 megawats (MW), quantidade de energia suficiente para atender mais de um milhão de residências em um mês.- E se o consumidor usar o chuveiro elétrico na posição de temperatura "verão", sua economia aumenta para R$ 3,90 por mês e ainda ajuda a poupar o equivalente a 340 MW médios, o que corresponde a 12% do que se espera economizar na região Sudeste do País, no plano de racionalização anunciado pelo Ministério de Minas e Energia e pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel).Energia elétrica por aparelhoSegundo a assessoria de imprensa do Procel a racionalização do uso de apenas aparelhos comuns nas residências pode gerar uma economia na conta de luz no final do mês. Veja no quadro abaixo:AparelhoRedução do uso diárioEconomia mensalChuveiro elétrico5 minutosR$ 3,05Ferro de passar10 minutosR$ 0,55Lâmpada comum (60 wats)uma horaR$ 0,50Forno microondas5 minutosR$ 0,84TV em cores (20 polegada)uma horaR$ 0,75Ar condicionadouma horaR$ 8,54Computador com impressorauma horaR$ 2,00Ventiladoruma horaR$ 1,25Total de economia mensal -R$ 17,34Fonte: ProcelDe acordo com os cálculos do Procel, com o dinheiro economizado com o racionamento diário de aparelhos como o chuveiro elétrico, ferro de passar, lâmpada comum, TV em cores e ventilador, que corresponde a R$ 6,10, o consumidor pode comprar 6 quilos de arroz ,ou 4 quilos de feijão preto, ou 3 quilos de macarrão ou 5 litros de leite ou, ainda, 30 pãezinhos franceses.Se o consumidor tiver em sua casa um aparelho de ar condicionado e um computador com impressora e diminuir em uma hora o consumo, no final do mês o resultado será uma economia de R$ 10,54, segundo dados do Procel. Este valor, somado aos R$ 6,10 acima, proporcionará, ao final do mesmo período, uma redução de R$ 16,50 na conta de luz.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.