Processo do trem-bala tem prazo adiado

A Empresa de Planejamento e Logística (EPL) anunciou ontem a decisão de prorrogar o prazo para a divulgação do julgamento dos recursos administrativos interpostos no âmbito do RDC Presencial n.º 03/2013 para o dia 11 de setembro de 2013. A decisão foi tomada "em função da complexidade dos assuntos abordados". O aviso sobre a prorrogação foi publicado na edição de ontem do Diário Oficial da União.

BRASÍLIA, O Estado de S.Paulo

24 de agosto de 2013 | 02h06

Esse processo de Regime Diferenciado de Contratação (RDC) tem por objeto a "contratação de empresa para prestação de serviços de gerenciamento, supervisão e apoio técnico às atividades de projeto necessárias para implantação do Trem de Alta Velocidade(TAV) Rio de Janeiro - Campinas", o trem-bala. Detalhes sobre o tema podem ser obtidos na página da EPL na internet.

O ministro dos Transportes, César Borges, confirmou em 12 de agosto o adiamento do leilão do TAV "por pelo menos um ano". A entrega de propostas de empresas interessadas no projeto estava marcada para 16 de agosto, e o leilão para a escolha do operador e da tecnologia ocorreria em 19 de setembro. "Não vamos determinar prazo. Não vamos fixar novas datas", afirmou, ao confirmar o adiamento. De acordo com Borges, o governo percebeu que o processo caminhava para que apenas o consórcio francês participasse da licitação.

Quando confirmou o adiamento da primeira etapa da licitação do trem-bala, o ministro dos Transportes, entretanto, garantiu que o projeto vai continuar. Explicou que foi adiada a primeira fase do processo, para escolha do fornecedor da tecnologia, operação do serviço e manutenção do sistema. A segunda fase do leilão, para definir as empresas responsáveis pela infraestrutura do projeto, permanece prevista para 2015, disse Borges, ressaltando que a previsão para a entrada em operação em 2020 foi mantida. /AYR ALISKI

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.