Procon autua 69 estabelecimentos no litoral de São Paulo

A Fundação Procon-SP apresentou nesta quarta-feira o balanço da "Operação Verão". No total, os fiscais examinaram 141 estabelecimentos comerciais de diversos tipos de atividade no litoral paulista. Sessenta e nove lojas foram autuadas por cometerem infrações ao Código de Defesa do Consumidor, como, por exemplo, a ausência ou inadequação na informação de preços dos produtos, presente em 49 estabelecimentos.A operação foi realizada entre os dias 5 e 9 de fevereiro, nos municípios de Guarujá, Bertioga, São Vicente, Itanhaém e Cubatão. O município de São Vicente liderou a lista com alto índice de irregularidades. De 32 estabelecimentos fiscalizados, 25 cometeram infrações.Os fornecedores autuados devem responder processo administrativo e podem ser multados. O valor das penalidades variam entre R$ 212,82 a R$ 3,192 milhão, segundo informou o Procon.As demais infrações cometidas ao Código de Defesa do Consumidor foram produtos com validade vencida, verificado em 13 estabelecimentos, e falta ou inadequação ou falta de informação da validade do produto, também apurado em 13 lojas. O acréscimo ou limitação de valores para a utilização de cartões de crédito ou débito nos pagamento à vista, também considerado infração, foi apontado em oito estabelecimentos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.