Procon e Unimed marcam nova reunião

A diretoria executiva do Procon-SP recebeu respresentantes da Unimed na manhã de hoje. O objetivo da reunião foi esclarecer os motivos que levaram o órgão fiscalizador a denunciar publicamente a empresa de planos e seguros saúde. Segundo o Procon, a Unimed estaria impondo aos seus clientes a adaptação dos velhos contratos e rescindindo unilateralmente os contratos do Uniplan, o que é ilegal de acordo com a nova lei do setor e pelo Código de Defesa do Consumidor. Leia mais a respeito no link abaixo.A reunião foi realizada a porta fechadas na sede do Procon e a Unimed não apresentou nenhum justificativa concreta para se defender das acusações de desrespeito ao consumidor. "A empresa se fez de desentendida e por isso marcamos uma nova reunião, onde exigimos um relatório completo sobre a situação dos consumidores do Uniplan", declarou a diretora-executiva do Procon, Maria Inês Fornazaro. A reunião será realizada na próxima quinta-feira às 10 horas da manhã.Maria Inês disse que independente da documentação e das justificativas apresentadas, o consumidor não sairá lesado e vai cobrar na Unimed a cobertura completa dos serviços combinados no antigo contrato. "O atendimento aos conveniados continua normal", explicou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.