finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Procon: mercado pode absorver clientes da Soletur

A Fundação Procon-SP - entidade de defesa do consumidor ligada ao governo do Estado de São Paulo - orienta o consumidor que comprou pacotes da Soletur para que aguarde o resultado do processo de falência, que foi solicitado ontem pela empresa no Rio de Janeiro (veja mais informações no link abaixo). "A Soletur ainda não faliu. Ela entrou com o pedido de falência, e há a tendência de que o próprio segmento absorva esses clientes", disse Lúcia Helena Magalhães, assistente de direção do Procon.O Procon está agora em reunião com a Associação Brasileira de Agências de Viagens (Abav) para discutir o problema da empresa. "Já existe uma afirmação verbal da Abav de que o consumidor não perderá o seu pacote", afirmou Lúcia. Para quem não conseguir viajar, Lúcia recomenda entrar em contato com o Procon. Ela diz que, nesse caso, o consumidor deverá se utilizar do artigo 28 do Código de Defesa do Consumidor para afastar a pessoa jurídica da Soletur e tentar recuperar o seu dinheiro com os sócios da empresa.As pessoas que ainda não terminaram de pagar o seu pacote devem esperar as decisões que serão tomadas até o final do dia, principalmente na reunião entre Abav e Procon. "Há a possibilidade de o mercado conseguir absorver também esses clientes", informou Lúcia. Para quem já está em trânsito, nada muda. "Quem está viajando não enfrentará problemas", concluiu.

Agencia Estado,

25 de outubro de 2001 | 16h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.