Procon orienta sobre recall da Land Rover

Na última sexta-feira, a Land Rover publicou convocação em jornais aos proprietários de veículos Range Rover V8 e Discovery Série II V8, fabricados entre junho de 1994 e outubro de 1998, compreendidos entre os chassis MA300000 a WA410481, a comparecerem a um concessionário Land Rover, para substituição gratuita das mangueiras do sistema de arrefecimento. A Fundação Procon-SP, órgão de defesa do consumidor ligado ao governo estadual, orienta sobre como proceder.O comunicado ainda informa que: "no Range Rover V8, fabricado entre junho de 1998 e dezembro de 2000, compreendidos entre os chassis XA410482 a 1 A452817 e nos veículos Discovery Série II V8, equipados com câmbio automático, fabricados entre junho de 1998 a dezembro de 2000, compreendidos entre os chassis XA220000 a 1A299999 e 1A700000 a 1A713517, também equipados com câmbio automático, será verificada a necessidade de reposicionamento da tubulação de drenagem do sistema de ar-condicionado, para evitar a infiltração de água na caixa de câmbio. Foi detectada a possibilidade de infiltração de água na caixa de câmbio, o que poderia, ao longo do tempo, ocasionar a oxidação nos componentes internos e, em casos extremos, dificultar ou impedir o correto funcionamento da alavanca de câmbio, em especial para a opção "P" (Park)."Como procederO Procon orienta os consumidores que possuem tais veículos a entrar imediatamente em contato com a concessionária Land Rover de sua preferência para agendar dia e hora para a inspeção do veículo. Para obter informações e orientações adicionais, os clientes poderão entrar em contato com o Centro de Atendimento Land Rover pelo telefone 0800-7012992.Depois de agendar o reparo, o consumidores deve exigir o comprovante de que o serviço foi efetuado, documento que para sua segurança deverá ser conservado enquanto estiver de posse do veículo, ou até mesmo no caso de venda. Os proprietários dos veículos citados não precisam se dirigir necessariamente à concessionária na qual adquiriram o carro, mas a qualquer concessionária da Land Rover em todo o País. Caso o veículo tenha sido comercializado mais de uma vez, o atual proprietário tem o mesmo direito ao reparo gratuito que aquele que adquiriu o produto novo. Encontrando dificuldades em efetuar os devidos reparos (falta de peças, demora na conclusão dos serviços, etc.), o consumidor poderá registrar a reclamação junto à Fundação Procon-SP. Veja endereços abaixoCríticas do ProconA Fundação Procon-SP entende que o risco pessoal e patrimonial para os consumidores deveria provocar nos fornecedores uma maior preocupação no sentido de utilizar todos os meios possíveis para atingir os seus clientes, com jornais, rádio e televisão, conforme determina o CDC. Segundo a instituição, a empresa deve apresentar os esclarecimentos que se fizerem necessários, inclusive com informações claras e precisas sobre os riscos que o consumidor corre.Quanto ao problema das mangueiras, a Land Rover explica que, "apesar de não ser considerada uma questão de segurança, foi constatado um desgaste prematuro das mangueiras do sistema de arrefecimento que pode provocar vazamento do líquido de arrefecimento, que, em circunstâncias extremas, além de ser inflamável, pode causar sérios danos ao motor do veículo."O fornecedor informa ainda que: "Visando resguardar a segurança e a satisfação de seus consumidores, a Land Rover adota essa medida e destaca a importância do pronto atendimento a esta convocação." Porém, no entender dos técnicos do Procon, em seu comunicado a empresa não deixa claro os possíveis riscos e perigos do problema detectado. Principalmente ao manifestar afirma que: " não ser considerada uma questão de segurança" e logo em seguida afirma que: "...em circunstâncias extremas, além de ser inflamável, pode causar sérios danos ao motor do veículo".ReclamaçõesOs consumidores que tiverem alguma dúvida ou reclamação poderão recorrer a Fundação Procon-SP, que atende pessoalmente nos postos do Poupatempo Sé (Pça. do Carmo, s/n), Santo Amaro ( R. Amador Bueno, 176/258) ou Itaquera (ao lado do Metrô Itaquera), por carta Caixa Postal 3050 CEP 01061-970 SP-SP, por Fax (11) 3824-0717 por telefone 1512 (informações) ou para obter informação sobre reclamações contra fornecedores 3824.0446.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.