Procon-SP autua 176 lojas durante Operação Dia das Mães

Principal irregularidade encontrada tem relação com falta ou inadequação da informação sobre preços

Da Redação,

07 de maio de 2008 | 12h13

A Fundação Procon-SP autuou 176 estabelecimentos em shoppings centers e ruas de comércio da capital por irregularidades durante a Operação Dia das Mães. A ação, realizada entre os dias 16 e 30 de abril, teve como objetivo coibir ações irregulares e desrespeito ao Código de Defesa do Consumidor. Ao todo, foram constatadas 207 irregularidades, lembrando que o mesmo estabelecimento pode ter apresentado mais de uma situação irregular, o que resulta no número de infrações superior ao total de estabelecimentos visitados. Os principais problemas encontrados foram a falta ou inadequação da informação sobre o preço de produtos ou serviços expostos à venda, com 88% do total; irregularidades cometidas para vendas com cartão de crédito, com 6%; e a falta de informação da taxa de juros nas vendas a prazo de produtos, com 4%. Os fornecedores irão responder processo administrativo, podendo ser multados, com base no artigo 57 da Lei 8.078/90 do Código de Defesa do Consumidor. O Procon-SP disponibiliza, para dúvidas, reclamações ou denúncias, os postos de atendimento pessoal dentro do Poupatempo Sé, Santo Amaro e Itaquera. O telefone de atendimento é 151.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.