Procon-SP: preço de produtos natalinos varia até 112%

A variação de preços entre produtos natalinos em diferentes estabelecimentos comerciais pode chegar a até 112%. É o que constatou pesquisa realizada pela Fundação de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon-SP), órgão vinculado à Secretaria Estadual da Justiça e da Defesa da Cidadania. Segundo o Procon, a maior diferença foi constatada no preço do mini panetone de 80g com gotas sabor chocolate da marca Visconti. O preço mais alto foi encontrado no Extra (Região Leste), R$ 5,79, enquanto no Wal Mart (Região Oeste) a lata era comercializada por R$ 2,72, representando uma diferença de R$ 3,07, ou 112,87%. Foram comparados entre 21 e 23 de novembro os valores de 79 itens da ceia natalina comercializados em dez supermercados distribuídos nas cinco regiões da capital. Entre as carnes, a variação de valor do quilo do pernil desossado temperado da Sadia chegou a 70,55%: no Sonda (Região Oeste), era encontrado por R$ 8,15; já no D''avo (Região Leste), custava R$ 13,90. Segundo o Procon-SP, do total dos itens divulgados, o estabelecimento Andorinha Hipermercados (Região Norte) foi o que apresentou a maior quantidade de produtos com melhor preço (35 itens de 63 encontrados).A orientação da entidade é que o consumidor faça uma cuidadosa pesquisa, avaliando sempre a relação entre preço e qualidade. É preciso ficar atento às informações contidas nos rótulos, como peso, data de fabricação, prazo de validade e condições de conservação. No caso dos produtos importados, as informações do rótulo devem estar traduzidas para a língua portuguesa.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.