Procura por ações da Vale supera previsões

A movimentação de trabalhadores nos primeiros dois dias de captação de recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) em fundos da Vale do Rio Doce superou até as previsões mais otimistas dos bancos.No Banco do Brasil, a captação do primeiro dia passou de R$ 2 milhões, diz o gerente de Varejo e Governo, Eduardo Lacerda. O interesse pelo investimento está refletido também no aumento de procura por informações. As ligações para as centrais de atendimento do banco triplicaram ontem, diz. "Destas, 90% referiam-se aos fundos da Vale."O Banco Alfa também registrou acentuada procura de trabalhadores, e alguns já investiram recursos do Fundo de Garantia, afirma o diretor de Asset Management Márcio Emery. A instituição foi a quinta maior captadora dos fundos Petrobras - distribuídos da mesma forma que a Vale em agosto de 2002 -, com R$ 64 milhões.O Banco Sul América captou R$ 12 milhões nos fundos Petrobras em agosto de 2000 e pretende superar esse valor desta vez. Emery evita comparar a captação dos fundos da Vale com os da petrolífera. A favor da mineradora existe o histórico de rendimento dos fundos Petrobras, que está em torno de 50%.Um fator que deixou água na boca dos trabalhadores que ficaram de fora e, ao mesmo tempo, pode estimular a permanência nos fundos Petrobras. "Investidores que já aplicaram na primeira vez (na Petrobras) não deverão deixar esses fundos, porque as perspectivas para a rentabilidade são melhores."Nestes primeiros dois dias, cerca de 500 pessoas investiram recursos do FGTS no ABN Amro. Cristina Paganini, gerente de Produtos do banco, diz que esse número é alto e mostra que a operação caminha com sucesso.A Caixa Econômica Federal, mantenedora das contas do FGTS, anunciou nesta quinta-feira que pretende captar R$ 500 mil do Fundo de Garantia e mais R$ 500 de recursos livres nos fundos da Vale. Na venda da Petrobras a Caixa chegou a captar R$ 800 milhões do FGTS, a metade do valor total investido.Analistas do mercado prevêem que o volume de investimentos deverá aumentar quando se aproximar o fim do prazo, dia 15. A carência de seis meses para obter o desconto de 5% na compra das ações será igual para todos, independente da data de adesão, e contada a partir da liquidação financeira da operação, prevista para o dia 27 de março.O elevado número de aportes nos fundos da Vale do Rio Doce nos primeiros dias de captação reforça a possibilidade de cortes nos valores aplicados com os recursos do Fundo de Garantia, avalia Lacerda. Isso porque a oferta do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) tornará disponível apenas R$ 1 bilhão para recursos do FGTS.Caso a demanda supere a oferta, haverá um corte proporcional para cada valor investido. As carteiras destinadas a receber recursos dos fundos Petrobras e as de recursos próprios não sofrerão rateio. A alta demanda não deverá influir no valor de venda das ações, que será composto a partir de ofertas de investidores institucionais do País e do exterior.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.