Procura por voo doméstico no Brasil recua 0,56% em setembro

Movimento ocorre após nove anos seguidos de alta no mês; demanda em voos internacionais cresce 3,07% e atinge recorde

EULINA OLIVEIRA, O Estado de S.Paulo

26 de outubro de 2013 | 02h17

A demanda do transporte aéreo doméstico de passageiros no Brasil recuou 0,56% em setembro de 2013 em relação ao mesmo mês do ano passado, segundo dados da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac). Já a oferta do transporte aéreo doméstico caiu 2,94% na mesma base de comparação.

Segundo a agência, após nove anos consecutivos de crescimento da demanda doméstica para setembro, trata-se da primeira redução para o mês. Com isso, em nove meses houve queda acumulada de 0,07% na demanda e de 4,37% na oferta, ante o mesmo período de 2012.

A Azul e a Avianca destacaram-se com as maiores taxas de crescimento de demanda doméstica em setembro de 2013, quando comparadas ao mesmo período de 2012, com 34,72% e 33,49%, respectivamente.

O Grupo TAM reduziu sua participação no mercado doméstico no comparativo entre setembro de 2013 e setembro de 2012, passando de 40,8% para 39,89%, enquanto a Gol aumentou sua participação de 33,57% para 35,45%.

A Anac informa também que a taxa de aproveitamento das aeronaves em voos domésticos atingiu o melhor nível para setembro desde o início da série Dados Comparativos, em 2000, tendo alcançado 77,42%.

De janeiro a setembro de 2013, o aproveitamento doméstico foi de 75,24%, ante 72% do mesmo período de 2012. Entre as maiores empresas aéreas brasileiras, as maiores taxas de aproveitamento doméstico em setembro de 2013 foram alcançadas por Avianca (81,82%) e pelo Grupo TAM (81,04%).

Ainda de acordo com a Anac, a demanda do transporte aéreo internacional de passageiros das empresas aéreas brasileiras apresentou crescimento de 3,07% em setembro de 2013 ante o mesmo mês de 2012. A oferta internacional cresceu 5,08% no período.

A demanda e oferta internacionais das empresas brasileiras alcançaram o maior nível desde o início da série, em 2000, com crescimento há 11 meses consecutivos.

O Grupo TAM e a Gol registraram alta de 1,26% e 18,99%, respectivamente, na demanda por transporte aéreo internacional em setembro de 2013, quando comparada a setembro de 2012. Em nove meses, a demanda internacional cresceu 4,28%, e a oferta internacional, 10,59%, ante o mesmo período de 2012.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.