coluna

Dan Kawa: Separar o ruído do sinal é a única forma de investir corretamente daqui para a frente

Procurador dos EUA pede extradição de envolvido no caso Noroeste

O procurador-assistente da Corte Federal do Distrito Sul de Nova York, David Jaffe, deu entrada na Justiça norte-americana com o pedido de extradição de Nelson Tetsu Sakaguchi, ex-diretor do banco Noroeste acusado do desvio de dinheiro do banco para contas de instituições financeiras na Suíça. Jaffe disse à Agência Estado que não tem uma previsão de quando sairá uma decisão sobre a extradição de Sakaguchi, que foi preso quarta-feira em Nova York.Segundo consta do processo, Sakaguchi é acusado de ter desviado "pelo menos" US$ 212 milhões do banco Noroeste para contas de bancos suíços e de outros países no período de início de 1995 até janeiro de 1998. "Outro indivíduo recebeu pelo menos uma parcela das receitas dessas transferências", afirma o texto do processo de pedido de prisão preventiva e de extradição. O processo, no entanto, não especifica nome deste "outro indivíduo".O documento que foi protocolado na Justiça norte-americana lista as seguintes acusações contra Sakaguchi: fraude, quebra de confiança e lavagem de dinheiro. Apesar de no documento constar que o pedido de extradição fora feito pelo Reino Unido, o procurador-assistente explicou que, na realidade, Sakaguchi será extraditado para a Suíça.Fábio AlvesProcurador dos EUA pede extradição de envolvido no caso NoroesteNova York O procurador-assistente da Corte Federal do Distrito Sul de Nova York, David Jaffe, deu entrada na Justiça norte-americana com o pedido de extradição de Nelson Tetsu Sakaguchi, ex-diretor do banco Noroeste acusado do desvio de dinheiro do banco para contas de instituições financeiras na Suíça. Jaffe disse à Agência Estado que não tem uma previsão de quando sairá uma decisão sobre a extradição de Sakaguchi, que foi preso quarta-feira em Nova York.Segundo consta do processo, Sakaguchi é acusado de ter desviado "pelo menos" US$ 212 milhões do banco Noroeste para contas de bancos suíços e de outros países no período de início de 1995 até janeiro de 1998. "Outro indivíduo recebeu pelo menos uma parcela das receitas dessas transferências", afirma o texto do processo de pedido de prisão preventiva e de extradição. O processo, no entanto, não especifica nome deste "outro indivíduo".O documento que foi protocolado na Justiça norte-americana lista as seguintes acusações contra Sakaguchi: fraude, quebra de confiança e lavagem de dinheiro. Apesar de no documento constar que o pedido de extradição fora feito pelo Reino Unido, o procurador-assistente explicou que, na realidade, Sakaguchi será extraditado para a Suíça.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.