Produção da indústria japonesa cresce 5,9%

A produção industrial japonesa teve crescimento de 5,9% em maio, na comparação com o mês anterior, segundo informou ontem o Ministério da Economia, do Comércio e da Indústria do país. Foi o terceiro mês consecutivo de crescimento na produção da indústria da segunda maior economia do mundo neste ano.Os estímulos econômicos do governo para impulsionar as exportações e a redução dos estoques das empresas em maio foram fatores que permitiram o aumento da produção das indústrias. Entre os principais fatores que contribuíram para a subida da produção industrial estão as exportações de veículos para os Estados Unidos e a Europa.Também contribuíram fortemente para o resultado os ganhos de produção das companhias de transporte, de partes de equipamentos eletrônicos e de siderúrgicos, segundo o informe do governo japonês. Os estoques da indústria japonesa recuaram 0,6% em maio, ante abril, para 96,5 pontos, numa base de 100 estabelecida em 2005. O transporte marítimo cresceu 4,5% no mês.O massivo estímulo do governo da China à sua indústria também teve papel importante na recuperação da indústria japonesa. A China é o principal destino das exportações japonesas, sobretudo de equipamentos e maquinaria.O aumento da produção industrial japonesa chega depois do 5,2% de crescimento em abril, que, após revisão do governo, subiu também para 5,9%. Desse modo, os índices da produção industrial de abril e de maio correspondem às maiores altas desde 1953 (7,9%). Mas, na comparação com maio do ano passado, a produção caiu 29,5%. O crescimento apresentado em maio pela indústria japonesa também ficou abaixo das previsões dos analistas de mercado ouvidos pela Agência Kyoto, que esperavam crescimento ao redor de 7%.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.