coluna

Dan Kawa: Separar o ruído do sinal é a única forma de investir corretamente daqui para a frente

Produção da OGX cai 10% em março

Poços da petrolífera apresentaram problemas e prejudicaram o nível de produção

Agência Estado,

16 de abril de 2013 | 20h39

A OGX, empresa de petróleo e gás do grupo EBX, do empresário Eike Batista, registrou produção média de 15,1 mil barris de óleo equivalente por dia (boepd) em março. O volume é 10,1% inferior ao total de 16,8 mil boepd produzidos em fevereiro passado. A produção offshore totalizou 8,3 mil boepd, ante 11,3 mil boepd em fevereiro, uma queda de 26,5% em igual comparação. A produção onshore, por outro lado, atingiu a média de 6,8 mil boepd em março, alta de 23,6% em relação à produção média de 5,5 mil boepd do mês anterior.

Em nota, a OGX informou que a queda da produção offshore, no Campo de Tubarão Azul, foi impactada por uma combinação de fatores. A produção no poço produtor OGX-68HP sofreu com danos na bomba centrífuga submersa (BCS) devido a problemas operacionais ocasionando o superaquecimento da mesma. "O incidente causou parada de 15 dias no poço no mês de março", segundo a OGX.

No caso do poço TBAZ-1HP, a companhia enfrentou instabilidade na geração elétrica do FPSO OSX-1, o que resultou em intermitência de funcionamento e danos à BCS. O incidente causou parada de 11 dias no poço no mês de março.

Já o poço OGX-26HP ficou parado por 2 dias por motivo de segurança, dada a instabilidade de geração elétrica no OSX-1. "Após o pleno restabelecimento de geração de energia, o mesmo voltou a produzir normalmente", informou a OGX.

Intervenção. "Para efetuar o reparo da BCS do poço OGX-68HP, será necessária uma intervenção de aproximadamente um mês, que fora iniciada em meados de abril e deverá ser concluída em meados de maio. Já a intervenção no poço TBAZ-1HP deverá ocorrer em seguida aos trabalhos no poço OGX-68HP", alertou a OGX. Ambos os poços continuarão com sua produção interrompida até o reparo das respectivas BCSs.

Por conta desses problemas, a OGX informa que a produtividade média offshore por poço ficou em 3,9 mil barris de óleo equivalente por dia em março.

A companhia destaca também que a produção total offshore foi de 256.743 barris de óleo equivalente no mês passado, com uma produção total terrestre de 72,3 milhões de metros cúbicos (m³) de gás natural. A produção média terrestre, no Campo de Gavião Real, foi de 2,3 milhões de m³ por dia no mês.

Tudo o que sabemos sobre:
eike batistaogxpetroleoproducao

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.