Produção de aço acumula queda de 28,5% até outubro

A produção brasileira de aço bruto atingiu 2,8 milhões de toneladas em outubro, volume 2,9% maior do que em setembro, e uma queda de 3,5% em relação ao mesmo mês do ano passado, informou hoje o Instituto Aço Brasil (IABR) em seu boletim mensal do setor. No acumulado de janeiro a outubro deste ano, a produção foi de 21,25 milhões de toneladas de aço bruto, o que representa uma queda de 28,5% ante os dez primeiros meses em 2008.

KELLY LIMA, Agencia Estado

24 de novembro de 2009 | 19h31

De acordo com o IABR, em relação aos laminados, a produção de outubro, de 2,2 milhões de toneladas, representou elevação de 10% na comparação com o mês anterior e queda de 8% quando comparada com outubro do ano passado. No acumulado de janeiro a outubro, a produção de laminados ficou em 16,2 milhões de toneladas, queda de 26,4% sobre o mesmo período de 2008.

Quanto às vendas internas, o resultado de outubro de 2009 foi de 1,7 milhão de toneladas de produtos, crescimento de 4,9% sobre o mês anterior, refletindo a tendência de recuperação no mercado interno. Quando comparado, entretanto, com igual período de 2008 registra-se decréscimo de 9,7%. As vendas de janeiro a outubro, de 13,1 milhões de toneladas, mostram queda de 32,4% com relação ao mesmo período do ano anterior.

As exportações de produtos siderúrgicos em outubro de 2009 atingiram 1 milhão de toneladas, no valor de US$ 539 milhões. O volume exportado foi 4,2% inferior a setembro, enquanto a receita caiu 3,6%. As exportações de janeiro a outubro totalizaram 7,4 milhões de toneladas e US$ 4 bilhões, o que representa queda de 9,6% em volume e de 43,5% em valor quando comparado ao mesmo período do ano anterior.

No que se refere às importações, o IABR registrou em outubro volume de 197,2 mil toneladas (US$ 276,1 milhões) totalizando 1,9 milhão de toneladas de produtos siderúrgicos de janeiro a outubro deste ano, 11,4% abaixo do mesmo período do ano anterior.

Tudo o que sabemos sobre:
açosiderurgiaproduçãoIABR

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.