Produção de açúcar da China deve crescer 22% em 2013--associação

A produção de açúcar da China vai atingir 14 milhões de toneladas na temporada 2012/13, um aumento de cerca de 22 por cento ante o ano passado, com produtores aumentando as áreas de plantio e a safra sendo beneficiada pelo clima favorável, disse Liu Hande, vice-presidente do conselho da Associação de Açúcar da China, nesta quinta-feira.

Reuters

27 de setembro de 2012 | 11h01

A China tem como meta de produção 16 milhões de toneladas de açúcar até 2015, visando preencher 85 por cento da demanda com oferta doméstica.

"Produtores aumentaram o cultivo de cana e de beterraba por conta dos altos preços de venda", disse Liu em conferência da indústria em Cingapura. "Há bastante chuva e poucos momentos de clima adverso."

Ele acrescentou que, "ao final de setembro de 2012, estoques excessivos de açúcar somarão 4,7 milhões de toneladas, atingindo recorde histórico".

"A temporada 2012/13 vai testemunhar um aumento dramático. Estima-se que a produção vá atingir 14 milhões de toneladas, quando o consumo é de 14 milhões, no máximo."

Liu espera que uma cota de açúcar, em conformidade com as regulamentações da Organização Mundial do Comércio (OMC), cubra 945 mil toneladas de importações, acrescentou ele.

As importações de açúcar pela China, segundo maior consumidor da commodity do mundo, depois da Índia, mais que dobraram para 2,425 milhões de toneladas nos oito meses do ano até agosto, em relação ao período correspondente do ano passado.

(Reportagem de Lewa Pardomuan)

Tudo o que sabemos sobre:
COMMODSACUCARCHINA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.