finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Produção de açúcar se sustenta na quinzena apesar de queda na moagem, diz Unica

Chuvas afetaram a colheita o ritmo de moagem foi reduzido por menor oferta de cana em algumas áreas, diz Unica

REUTERS

24 de julho de 2014 | 12h14

A moagem de cana do centro-sul do Brasil totalizou 41,33 milhões de toneladas na primeira quinzena de julho, queda de 6,4 por cento ante a quinzena anterior, por chuvas que afetaram a colheita e redução do ritmo de moagem por menor oferta de cana em algumas áreas, disse a associação da indústria (Unica) nesta quinta-feira.

A moagem também foi 3,88 por cento menor ante igual período da temporada anterior. Mas a seca que atingiu os canaviais anteriormente favoreceu a concentração de açúcares na planta colhida durante primeira quinzena de julho, o que ajudou no aumento da produção do adoçante no período.

A produção de açúcar na primeira metade de julho somou 2,55 milhões de toneladas, volume praticamente estável ao total da quinzena anterior (2,58 milhões de toneladas), mas ficou 5,3 por cento acima do mesmo período de 2013.

(Por Fabíola Gomes)

Tudo o que sabemos sobre:
COMMODSCANAMOAGEM*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.