Produção de alimentos industrializados cresce 4%

A produção de alimentos no País cresceu 3,99% no primeiro semestre deste ano, na comparação com igual período de 2002, de acordo com pesquisa da Associação Brasileira das Indústrias da Alimentação (Abia). Em faturamento, houve um crescimento dos últimos 12 meses de 3%. "Os números chegaram a nos surpreender, já que trabalhávamos com uma previsão bem mais contida", disse o coordenador do departamento de economia da Abia, Denis Ribeiro. "O fato é que no primeiro semestre tivemos uma situação de câmbio positiva e uma produção agrícola muito boa, que se refletiu na produção de alimentos industrializados". Segundo Ribeiro, as projeções da Abia apontam para uma alta de 3,5% a 4% na produção no ano todo, contra uma alta de 2,9% em 2002, quando a indústria sofreu os impactos das instabilidades político-econômicas que marcaram o segundo semestre do ano. A pesquisa identificou que as exportações na primeira metade do ano aumentaram 36% sobre o volume embarcado de janeiro a junho de 2002. Com o dólar em patamares mais baixos, a Abia projeta um desempenho mais fraco das vendas externas no segundo semestre. Apesar disso, pelos cálculos da associação, o ano deve fechar com um crescimento de 15% a 20% nas exportações.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.