Produção de alumínio primário cresce 34,5% em setembro

O Brasil registrou em setembro uma produção de alumínioprimário de 108,7 mil toneladas, contra 80,8 mil toneladas produzidas no mesmo mês do ano passado, segundo dados da Associação Brasileira do Alumínio (Abal). Isso significa um aumento de 34,5% na produção. Em setembro do ano passado, a produção do setor estava bastante prejudicada peloa racionamento de energia elétrica.No acumulado dos nove meses de 2002, totalizou-se 972,5 mil toneladas do metal, 10,7% a mais do que no mesmo período de 2001, quando foram registradas 878,4 mil toneladas.A Albras teve a maior participação, com 33,8 mil toneladas produzidas, um aumento de 43,2% em relação à produção de 23,6 mil toneladas em setembro do ano passado. No acumulado do ano, a produção foi de 309,9 mil toneladas, volume 18,7% maior do que registrado em 2001, que somou 261,1 mil toneladas. A segunda maior produtora em setembro foi a Alcoa, com 23,9 mil toneladas de alumínio e crescimento de 49,4% sobre o mesmo mês de 2001, quando registrou 16 mil toneladas. No acumulado dos nove meses, produziu 207,2 mil toneladas, contra 193,7 mil no ano passado, um crescimento de 7%. A CBA vem logo em seguida, com produção de 20,2 mil toneladas em setembro, contra 18,5 mil toneladas no ano passado, um aumento de 9,2% na produção de alumínio primário. De janeiro a setembro, a CBA produziu 183,2 mil toneladas,6,1% a mais do que o registrado em 2001, 172,6 mil toneladas.A BHP Billiton produziu 17,8 mil toneladas em setembro, um aumento de 34,8% em relação à produção de 13,2 mil toneladas do mesmo mês de 2001. No acumulado dos nove meses, a companhia somou 159,1 mil toneladas, um crescimento de 8,5% em relação ao mesmo p eríodo do ano passado, 146,7 mil toneladas. A Alcan foi responsável por 8,8 mil toneladas de alumínio em setembro, o que representa um aumento de 37,5% em relação à produção de 6,4 mil toneladas no ano passado. De janeiro a setembro, produziu 75,5 mil toneladas, volume 6,3% maior do que o registra do em 2001, quando totalizou 71 mil toneladas. A Aluvale produziu 4,2 mil toneladas no nono mês do ano, volume 35,5% maior do que o mesmo período de 2001, quando somou 3,1 mil toneladas. No acumulado dos nove meses, teve uma produção de 37,6 mil toneladas, 12,9% a mais do que as 33,3 mil toneladas do ano passado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.