FERNANDO SCIARRA/ESTADÃO
FERNANDO SCIARRA/ESTADÃO

Produção de cerveja tem pior resultado em seis anos para março

Queda tem acompanhado movimento de redução no consumo, que afeta, sobretudo, as vendas em bares

Dayanne Sousa, O Estado de S. Paulo

31 Março 2016 | 15h04

SÃO PAULO - A produção de cerveja no Brasil atingiu em março o menor nível para o mês desde 2010, segundo dados prévios da Associação Brasileira da Indústria da Cerveja (CervBrasil). Com base nos números do Sistema de Controle de Produção de Bebidas (Sicobe), da Receita Federal, a entidade estima que o volume do mês não ultrapassará os 900 milhões de litros, o que representa um recuo de 18% na comparação com março de 2015.

Os dados do Sicobe ainda deverão passar por ajustes até amanhã. Se confirmados os cálculos da CervBrasil, a produção da bebida terá registrado no primeiro trimestre de 2016 em torno de 3 bilhões de litros, uma queda de 6,7% ante o mesmo período do ano anterior. Esta é a maior queda para o primeiro trimestre do ano também desde 2010, ano do início das medições.

A queda na produção de cerveja tem acompanhado um movimento de redução no consumo, que afeta sobretudo as vendas em bares, na medida em que as pessoas deixam de adquirir alimentos e bebidas fora de casa. Aumentos de impostos estaduais sobre cerveja contribuíram para elevar os preços do produto num período em que a renda disponível dos consumidores cai.

Mais conteúdo sobre:
Cerveja Inflação

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.