Produção de gás natural sobe 13% em janeiro no País

Após mais de três anos estacionada abaixo de 50 milhões de metros cúbicos diários, a produção de gás natural deu um salto em janeiro, conforme dados da Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP). A produção no primeiro mês do ano atingiu 54,3 milhões de metros cúbicos diários, com aumento de 13,21% em relação ao registrado em janeiro de 2007. Em valores absolutos, o aumento representou acréscimo de 6,381 milhões de metros cúbicos diários na produção.Além de aumentar a produção, a Petrobras reduziu o consumo próprio do combustível em suas próprias atividades, o que ampliou a oferta ao mercado. Pelos dados da ANP, o consumo próprio ficou em 7,209 milhões de metros cúbicos diários em janeiro, com queda de 13,04% em relação a janeiro do ano passado. Já o total disponível para os consumidores somou 31,377 milhões de metros cúbicos diários, com aumento de 22,75%. No primeiro mês do ano, a empresa foi pressionada a direcionar mais gás natural para as usinas térmicas visando a gerar mais energia elétrica, devido ao baixo volume de água nos reservatórios das hidrelétricas.Como ocorre quando há grande aumento na produção, a Petrobras ampliou também a queima do combustível em janeiro, que atingiu 5,963 milhões de metros cúbicos diários, com aumento de 14,37% no intervalo de 12 meses. O aumento da queima resulta da falta de instalações para aproveitamento do combustível, já que as plataformas de produção da Petrobras são voltadas basicamente para a extração de óleo. A empresa alega que os custos de construção de dutos das plataformas, instaladas em mar aberto, até o continente inviabilizam o aproveitamento econômico dessa produção.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.