Jim Young/Reuters
Jim Young/Reuters

Produção de grãos bate recorde em 2014, diz IBGE

Dados divulgados pelo instituto revelam alta de 6,6% na produção nacional em relação a 2013; Conab eleva projeção para safra 2014/2015

José Roberto Gomes, Vinicius Neder, O Estado de S. Paulo

09 de janeiro de 2015 | 10h22

A estimativa da área colhida na safra nacional de grãos de 2014 ficou com 56,3 milhões hectares, alta de 6,6% frente a 2013 (52,8 milhões ha), segundo o Levantamento Sistemático da Produção Agrícola (LSPA) de dezembro, divulgado nesta sexta-feira, 9, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Arroz, milho e soja, os três principais produtos, representaram 92,0% da estimativa da produção e responderam por 84,9% da área colhida. Em relação a 2013, houve acréscimos de 516 ha na área de arroz (0,0%) e de 2,4 milhões ha na área da soja (8,5%). O milho teve sua área a ser colhida reduzida em 83.399 ha (-0,5%). Quanto à produção, em relação a 2013, houve acréscimos de 3,3% para o arroz, 5,8% para a soja e diminuição de 2,2% para o milho, apesar da diferença entre a primeira e a segunda safra do grão. 

No total, 15 produtos apresentaram alta na estimativa de produção de 2014 em relação ao ano anterior. As altas mais significativas em relação a 2013 foram na soja (4.743.073 toneladas), mandioca (1.862.046 toneladas) e milho 2ª safra (1.786.174 toneladas). As maiores quedas foram da cana-de-açúcar (-49.304.807 toneladas), do milho 1ª safra (-3.568.492 toneladas) e da laranja (-1.432.688 toneladas).


Safra 2014/2015. A produção de grãos na safra 2014/15 deverá atingir 202,18 milhões de toneladas, volume 4,5% maior na comparação com o observado em 2013/14, projetou nesta sexta-feira, 9, a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), por meio do 4º Levantamento de Grãos. Desse total, 176,30 milhões de toneladas vêm do Centro-Sul do País. As 25,87 milhões de toneladas restantes são provenientes do Norte/Nordeste.

Conforme a companhia, o aumento de produção é resultado do incremento de área plantada. O levantamento diz que a área a ser cultivada na safra 2014/15 indica um crescimento de 1,3%, ou seja, deverão ser acrescidos 766,7 mil hectares à área de 56,99 milhões cultivada na safra 2013/14. A produtividade também vai ajudar, com avanço de 3,2%, para 3.501 kg por hectare.

Por produto, a Conab estimou que a produção de soja em 2014/15 atinja 95,92 milhões de toneladas, 11,4% mais na comparação anual. Quanto ao milho, a temporada foi projetada em 79,05 milhões de toneladas (-1,1%), sendo 29,64 milhões de toneladas de 1ª safra (-6,4%) e 49,41 milhões de toneladas de 2ª safra (+2,4%).

Há ainda a expectativa de que a produção de arroz tenha um crescimento de 0,6%, passando de 12,12 milhões de toneladas para 12,20 milhões na atual safra. Para a mamona, o crescimento esperado é de 139,8%, de 44,7 mil toneladas para 107,2 mil toneladas na atual safra.

Quanto ao algodão, a safra deve cair 11%, para 1,54 milhão de toneladas. A de feijão também deve registrar queda, de 2,7%, para 3,34 milhão de toneladas.

Tudo o que sabemos sobre:
IBGEConabagronegócio

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.