Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Produção de minério da BHP sobe 7% no 1ºtrimestre e é recorde em 9 meses

A melhora no desempenho da mineradora aconteceu apesar dos ciclones tropicais que atingiram o oeste da Austrália no começo do ano

Danielle Chaves, da Agência Estado,

20 de abril de 2011 | 13h01

A BHP Billiton informou que sua produção de minério de ferro cresceu 7%, para 33,2 milhões de toneladas, nos três primeiros meses deste ano, o terceiro trimestre fiscal da empresa, em comparação com o mesmo período do ano passado. Nos nove meses até março, a produção aumentou 6%, para 98,88 milhões de toneladas, um recorde segundo a companhia.

A melhora no desempenho da mineradora aconteceu apesar dos ciclones tropicais que atingiram o oeste da Austrália no começo do ano. As operações de carvão de coque, no entanto, do outro lado do país, continuaram sendo prejudicadas pelas chuvas de monções. A produção de carvão de coque - que, assim como o minério de ferro, é um ingrediente importante para a indústria de aço - caiu 18% no trimestre, para quase 6,7 milhões de toneladas.

Uma das maiores companhias abertas do mundo em valor de mercado, a BHP afirmou que sua produção de carvão térmico no trimestre aumentou 7%, para 17,5 milhões de toneladas. A produção de derivados de petróleo, alumina, diamantes, níquel e boa parte dos metais básicos, com exceção do cobre, diminuiu no período.

Segundo a BHP, a produção de petróleo no terceiro trimestre fiscal caiu 4% em razão da temporada de ciclones na Austrália Ocidental e dos atrasos na obtenção de permissões para perfuração no Golfo do México.

A divisão de minério de ferro é a mais lucrativa da BHP, responsável por 30% do lucro operacional da companhia no último ano financeiro, enquanto o carvão correspondeu a 14% do total. As informações são da Dow Jones.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.