Produção de óleo e gás da Petrobrás cresce 2,1% em novembro

Retorno à produção de plataformas que estavam em paradas programadas explica o desempenho 

Agência Estado,

21 de dezembro de 2011 | 12h14

SÃO PAULO - A Petrobrás informa que a produção média de petróleo e gás natural, no Brasil e no exterior, foi de 2.677.056 barris de óleo equivalente por dia (boed). O resultado representa um aumento de 2,16% em relação ao volume total extraído em novembro de 2010 e de 2,69% ante outubro deste ano.

A divulgação dos dados produtivos de novembro confirmou aexpectativa de que a companhia não atinja a capacidade de produçãodoméstica de petróleo prevista para 2011 (2,1 milhões de barris depetróleo por dia).

Considerando apenas os campos no Brasil, a produção média de petróleo e gás alcançou 2.423.118 boed, um aumento de 1,86% em relação a novembro do ano passado e de 2,7% frente ao mês anterior. Já a produção exclusiva de petróleo dos campos nacionais chegou a 2.060.695 barris por dia, uma elevação de 1,46% em relação a novembro do ano passado e de 2,96% em relação a outubro. Este dado confirma que a empresa não cumprirá a meta de 2,1 milhões de barris por dia.

De acordo com comunicado da Petrobras, a elevação da produção em de novembro se deu, particularmente, devido ao retorno à produção de plataformas que estavam em paradas programadas na Bacia de Campos e a entrada em operação de novos poços nas plataformas P-57 (Jubarte), P-56 (Marlim Sul), FPSO-Angra dos Reis (Lula) e do início TLD de Carioca Nordeste em meados de outubro.

A produção de gás natural dos campos nacionais atingiu, em novembro, 57,6 milhões m³/d, um aumento de 4,2% em relação ao mesmo mês de 2010 e 1,3% acima do volume realizado no mês de outubro de 2011.

Os resultados da estatal no mês passado, entretanto,alcançaram patamares expressivos em algumas análises, incluindo aprodução total de gás natural no Brasil. A produção média de petróleo e gás natural da estatal, no Brasil e no exterior, alcançou 2,677 milhões de barris de óleo equivalente por dia (boed) no mês passado, no segundo maior patamar da história. O recorde da companhia foi registrado em dezembro de 2010, quando a produção totalizou 2,731 milhões de boed.

O resultado foi impulsionado pela produção total de gás natural no Brasil, de 57,620 milhões de metros cúbicos diários (metros cúbicos/d). O montante, também nessa base comparativa, só perde para a produção do último mês de 2010, quando foram produzidos 58,746 milhões de m?/d de gás.

A produção total de óleo e LGN (liquefeito de gás natural) no Brasil e no exterior ficou em 2,206 milhões de barris por dia (bpd) em novembro, no terceiro maior nível da história, atrás de dezembro de 2010 (2,270 milhões de bpd) e janeiro de 2011 (2,220 milhões de bpd).

E até mesmo no indicador mais observado por investidores, a produção nacional de petróleo, o resultado de novembro está entre os principais recordes da empresa. O total de 2,060 milhões de bpd do mês passado fica atrás apenas dos números de dezembro de 2010 (2,121 milhões de bpd) e janeiro deste ano (2,069 milhões de bpd).

Texto atualizado às 14h22

Tudo o que sabemos sobre:
petrobrásóleogásproduçãonovembro

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.