Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

Produção de petróleo sobe pela 1ª vez desde julho, diz Opep

Com orçamentos sob pressão, países do cartel têm dificuldade de promover cortes decididos no ano passado

Nathália Ferreira, da Agência Estado,

13 de maio de 2009 | 10h09

A Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) informou nesta quarta-feira, 13, que sua produção de petróleo subiu em abril pela primeira vez desde julho de 2008, apesar da piora nas perspectivas para a demanda este ano, aumento dos estoques e riscos de uma nova queda nos preços do petróleo. A Opep disse que a produção nos países-membros aumentou em 224.300 barris por dia em abril em relação a março.

 

Os dados, baseados em fontes secundárias mas usados como referência pela Opep, indicam que muitos membros têm dificuldades em cumprir os cortes de 4,2 milhões de barris por dia decididos no ano passado. Isso torna improvável que o cartel decida por uma nova redução formal no próximo encontro, programado para 28 de maio.

 

Muitos países encontram dificuldades em cortar a produção porque seus orçamentos já estão sob pressão com o declínio dos preços da commodity. Angola, que detém a presidência da Opep, Venezuela e Irã representam mais da metade do aumento da produção. Mas os três países afirmam que cumpriram os cortes decididos e que as alegações de produção a mais resultam de cálculos errados da secretaria da Opep e fontes secundárias imprecisas.

 

A Arábia Saudita, maior produtor da Opep, também começou a aumentar a produção novamente, embora permaneça abaixo da sua cota de 8,051 milhões de barris por dia.

Tudo o que sabemos sobre:
crise financeirapetróleoOpepenergia

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.