Washington Alves/Estadão
Washington Alves/Estadão

Produção de veículos cresce 2,8% no acumulado do ano até junho

Primeiro semestre terminou com a produção de 1,474 milhão de veículos

André Ítalo Rocha, O Estado de S.Paulo

04 de julho de 2019 | 10h28

O primeiro semestre terminou com a produção de 1,474 milhão de veículos, informou nesta quinta-feira, 4, a Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea). O volume representa alta de 2,8% em relação à primeira metade do ano passado, em conta que considera os segmentos de automóveis, comerciais, caminhões e ônibus. 

Só no mês de junho, a produção atingiu 233,1 mil unidades, queda de 9% na comparação com igual mês de 2018 e recuo de 15,5% ante o resultado de maio.

Os resultados de produção só não foram maiores porque as montadoras instaladas no Brasil têm sofrido com a crise da Argentina, principal destino das exportações.

No primeiro semestre, foram 221,9 mil unidades exportadas, queda de 41,5% em relação aos primeiros seis meses do ano passado. Em junho, foram 40,3 mil veículos embarcados, baixa de 37,9% na comparação com igual mês do ano passado e queda de 4,3% ante o número de maio.

O alívio para o setor é no mercado interno. Dados divulgados hoje pela Anfavea confirmam os números da Fenabrave. A venda de veículos novos atingiu 1,17 milhão unidades no primeiro semestre, alta de 12,1% em relação a igual período do ano passado. Em junho, foram 223,2 mil unidades vendidas, alta de 10,5% ante junho do ano passado, mas retração de 9,1% sobre o desempenho de maio. 

Tudo o que sabemos sobre:
indústria automobilística

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.