Estadão
Estadão

Produção de veículos cresce 6,7% em 2018 e atinge maior nível desde 2014

De acordo com dados da Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea) produção de veículos no País somou 2,88 milhões de unidades em 2018

André Ítalo Rocha, O Estado de S.Paulo

08 Janeiro 2019 | 11h58

A produção de veículos no Brasil cresceu 6,7% em 2018 e somou 2,88 milhões de unidades, informou nesta segunda-feira, 8, a Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea), associação que reúne as montadoras instaladas no País. Trata-se do segundo ano consecutivo de crescimento da produção. Em comparação aos últimos anos, o volume de 2018 só não é maior que o de 2014, quando as unidades fabricadas somaram 3,15 milhões. Naquele ano, o Brasil iniciava o período de recessão da economia.

O aumento da produção em 2018 foi impulsionado principalmente pela maior demanda dos consumidores. No ano passado, as vendas de veículos cresceram 14,6%, para 2,56 milhões de unidades, também a segunda alta seguida.

O volume produzido só não foi maior no ano passado porque as exportações caíram, pressionadas pela crise da Argentina, principal destino dos veículos que o Brasil vende para o exterior. Em 2018, as exportações, em unidades, caíram 17,9%, para 629 mil unidades, depois de atingir o recorde de 766 mil unidades exportadas em 2017.

Dezembro teve resultados negativos na produção

O último mês do ano, no entanto, teve resultados negativos na produção. O número de veículos montados caiu 16,8% em dezembro ante igual mês de 2017, no menor resultado para o período desde 2015. Em relação a novembro também houve queda, de 27,4%.

A exportação, em unidades, recuou 48,1% em dezembro ante igual mês do ano passado, para 31,7 mil. Na comparação com novembro, caiu 7,9%.

No mercado interno, as vendas, porém, subiram 10,3% em dezembro ante igual mês do ano passado e avançaram 1,6% em relação a novembro.

Montadoras contrataram 2.176 em 2018

Com o aumento da produção em 2018, as montadoras mais contrataram do que demitiram. Foram 2,176 mil vagas abertas no ano. Em dezembro, no entanto, o saldo foi negativo, com o fechamento de 803 postos de trabalho. Hoje, o setor conta com 130,451 mil funcionários, número 1,7% maior que no fim de 2017.

Venda de máquinas agrícolas cresce 12,7%

A venda de máquinas agrícolas e rodoviárias cresceu 12,7% em 2018 e somou 47,7 mil unidades, informou o balanço divulgado pela Anfavea.

Só em dezembro, foram 4,4 mil unidades vendidas, alta de 22% em relação a igual mês do ano passado e aumento de 18,3% na comparação com novembro.

Na produção, o ano de 2018 terminou com um volume de 65,6 mil unidades, crescimento de 23,8% em relação a 2017. No último mês, foram fabricadas 5,5 mil unidades, aumento de 113,7% ante igual mês de 2017, mas queda de 14,3% sobre o resultado de novembro.

Em exportação, o segmento vendeu 12,6 mil unidades ao exterior em 2018, recuo de 9,1% na comparação com 2017. Em dezembro, foram 894 unidades produzidas, recuo de 30,5% ante dezembro de 2017 e baixa de 15,7% sobre novembro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.