Produção de veículos sobe 13,7% em setembro, mas no ano tem queda

Produção de veículos sobe 13,7% em setembro, mas no ano tem queda

Mesmo com a alta de setembro, a produção acumula retração de 16,8% nos nove primeiros meses do ano; em relação a setembro de 2013, produção caiu 6,7%

Igor Gadelha, O Estado de S. Paulo

06 de outubro de 2014 | 11h57

SÃO PAULO - A produção de automóveis, comerciais leves, caminhões e ônibus no mercado brasileiro somou 300.845 unidades em setembro, alta de 13,7% na comparação com agosto e recuo de 6,7% ante setembro de 2013, divulgou a Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea). Mesmo com a alta de setembro, a produção acumula retração de 16,8% nos nove primeiros meses do ano, sobre igual período de 2013, para 2.384.214 unidades.

Considerando apenas automóveis e comerciais leves, a produção em setembro chegou a 286.280 unidades, alta de 14,6% na comparação com agosto e recuo de 5,3% ante setembro de 2013. No mês passado, foram produzidos 218.926 automóveis e 67.354 comerciais leves.

A produção de caminhões, por sua vez, atingiu 11.786 unidades em setembro, queda de 1,5% na comparação com agosto e recuo de 30,3% ante setembro de 2013. No caso dos ônibus, foram produzidas 2.779 unidades em setembro, queda de 2,8% na comparação com agosto e queda de 8,9% ante setembro do ano passado.

Vendas. As vendas de automóveis, comerciais leves, caminhões e ônibus atingiram 296.294 unidades em setembro, com alta de 8,7% na comparação com agosto e recuo de 4,4% ante setembro de 2013. No acumulado de janeiro a setembro deste ano, os emplacamentos chegaram a 2.526.474 unidades, baixa de 9,1% sobre igual período do ano passado.

Levando em conta apenas automóveis e comerciais leves, as vendas em setembro chegaram a 282.881 unidades, alta de 9% na comparação com agosto e recuo de 3,9% ante setembro de 2013. No mês passado, foram vendidos 210.285 automóveis e 72.596 comerciais leves.

As vendas de caminhões, por sua vez, atingiram 11.210 unidades em setembro, alta de 3,7% na comparação com agosto e recuo de 11,9% ante setembro de 2013. No caso dos ônibus, foram vendidas 2.203 unidades em setembro, alta de 0,4% na comparação com agosto e queda de 19,5% ante o mesmo mês do ano passado. 

Exportação. As exportações em valores do setor automotivo brasileiro somaram US$ 927.521 milhões em setembro, queda de 7,7% na comparação com agosto e recuo de 35,3% ante setembro de 2013. O mês de setembro encerrou com total de 26.724 automóveis, comerciais leves, caminhões e ônibus exportados, queda de 15,6% na comparação com agosto e retração de 41,2% ante setembro de 2013.

No acumulado do ano até setembro, as exportações movimentaram US$ 8.920.594 bilhões, queda de 28,2% ante igual período de 2013. Os valores consideram as exportações de autoveículos e máquinas agrícolas.

No acumulado de janeiro a setembro deste ano, foram exportadas 262.007 unidades de automóveis, comerciais leves, caminhões e ônibus, recuo de 38,5% sobre igual período de 2013. 

Emprego. O setor automotivo encerrou o mês de setembro com 147.718 empregados, queda de 0,8% na comparação com agosto e recuo de 6,6% ante setembro de 2013. O segmento de autoveículos registrou retração de 0,4% em setembro na comparação com o mês anterior no total de empregados, somando 128.240 pessoas. Em relação a setembro do ano passado, a queda foi de 6%.

Já o segmento de máquinas agrícolas teve recuo de 3,4% no número de empregados, na comparação com agosto, e baixa de 9,9% na comparação com o mesmo mês de 2013, para 19.478 funcionários.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.