Produção do setor de embalagens cresce 1,81% no 1º semestre

A produção do setor de embalagens registrou alta de 1,81% no primeiro semestre deste ano, em relação ao mesmo período de 2004, de acordo com pesquisa semestral realizada pelo coordenador de análises econômicas da Fundação Getúlio Vargas, Salomão Quadros, a pedido da Associação Brasileira de Embalagens. As exportações somaram US$ 147,704 milhões, o que representou um avanço de 0,13% em relação ao mesmo período do ano passado.As expectativas do economista para o setor são de um crescimento da produção de 1,1% em 2005, o que significará um faturamento de R$ 32 bilhões, ou 11,9% maior que em 2004. Quadros destacou que as estimativas consideram um cenário de retomada da economia. Levando em conta o ambiente registrado no primeiro semestre, haveria um recuo da estimativa da produção para queda de 0,6% no ano.Ele afirmou que o aumento do faturamento estará relacionado ao posicionamento do preço médio dos produtos, que neste ano está em um patamar superior. Em 2004, o setor registrou crescimento de 2,3% na produção.Os produtos alimentícios ainda respondem pela maior parte da demanda de bens de consumo e, por conseqüência, de embalagens, com cerca de 54%. O setor farmacêutico vem na seqüência, com 15%.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.