Douglas Magno/AFP
Douglas Magno/AFP

Produção industrial avança 0,7% em fevereiro ante janeiro

Atividades extrativas registraram maior queda desde o início da série histórica como reflexo dos efeitos do rompimento da barragem de Brumadinho em Minas Gerais

Daniela Amorim, O Estado de S.Paulo

02 de abril de 2019 | 09h30

A produção industrial subiu 0,7% em fevereiro ante janeiro, na série com ajuste sazonal, divulgou nesta terça-feira, 2, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A alta se deu em 16 das 26 atividades analisadas pela Pesquisa Industrial Mensal (PIM). Segundo os dados, as atividades extrativas apresentaram o maior recuo da série histórica iniciada em 2002, uma queda de 14,8%, principalmente na produção de minérios de ferro, como reflexo dos efeitos do rompimento da barragem de rejeitos de mineração da Vale, na região de Brumadinho (MG).

O gerente da pesquisa, André Macedo, afirmou em nota que o calendário também ajudou a impulsionar o índice. “A alta bem disseminada na produção de fevereiro ainda guarda uma relação com o efeito-calendário, já que em 2019 o mês teve dois dias úteis a mais do que fevereiro de 2018, com o feriado de carnaval transferido para março”.

Os principais dados positivos da indústria vieram da produção de veículos automotores, reboques e carrocerias (6,7%), produtos alimentícios (3,2%) além de coque, produtos derivados do petróleo e biocombustíveis (4,3%).

O resultado veio abaixo da mediana (1,0%) das expectativas dos analistas ouvidos pelo Projeções Broadcast, que esperavam desde queda de 1,10% a alta de 2,70%.

 

 

Em relação a fevereiro de 2018, a produção subiu 2,0%. Nessa comparação, sem ajuste, as estimativas dos economistas ouvidos variavam de avanço de 1,50% a 3,60%, com mediana positiva de 2,40%. No acumulado do ano de 2019, a indústria teve queda de 0,2%. Já em 12 meses, a produção da indústria avançou 0,5%.

Notícias relacionadas

    Encontrou algum erro? Entre em contato

    Tendências:

    O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.