Produção industrial cai 0,3% em janeiro

A produção industrial caiu 0,3% em janeiro ante dezembro, na série com ajuste sazonal, segundo divulgou nesta terça-feira, 6, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O resultado interrompe uma seqüência de três aumentos consecutivos na produção ante mês anterior. A queda veio dentro das previsões dos analistas ouvidos pela Agência Estado, entre -0,8% e 0,9% e abaixo da mediana (0,45%).Na comparação com janeiro do ano passado, a indústria registrou aumento de 4,5% na produção, também no intervalo das projeções apuradas pela AE (2,5% a 6,2%) e na mediana de 4,5%.AcomodaçãoO índice de média móvel trimestral da produção industrial registrou crescimento de 0,2% no trimestre encerrado em janeiro ante o terminado em dezembro. Segundo o coordenador de indústria do IBGE, Silvio Sales, houve uma acomodação da produção em janeiro ante dezembro, mas a indústria ganhou ritmo, no início deste ano, em relação à média de 2006."A acomodação da indústria (ante dezembro) é resultado de um comportamento heterogêneo (entre os setores", disse Sales. Ele sublinhou que os segmentos mais sensíveis ao câmbio, como calçados, têxteis e confecções, prosseguiram na trajetória de resultados negativos. Entre as categorias pesquisadas, o melhor desempenho foi de bens de capital, que sinaliza o desempenho dos investimentos, e elevou a produção em 1,7% em janeiro ante dezembro, e em 18% ante janeiro de 2006. Sales destacou o bom resultado dessa categoria como o dado "mais expressivo" do setor industrial no início de 2007. "Os indicadores de janeiro sugerem continuidade do desempenho destacado de bens de capital", disse. Segundo ele, o aumento da produção desse segmento sugere "um aumento da capacidade produtiva da economia como um todo". Além disso, de acordo com ele, mostra que "a percepção das empresas é que o cenário é favorável".Nas demais categorias, os desempenhos foram os seguintes: bens intermediários (-0,3% ante dezembro e +3,2% ante janeiro 06); bens duráveis (+2,1% e +4,7%) e bens semi e não-duráveis (-0,9% e +2,6%). Em 12 meses, a produção industrial acumula alta de 2,9% até janeiro.RevisãoO IBGE também divulgou a revisão no resultado da produção industrial apurada em dezembro de 2006, ante mês anterior, de +0,5% para +0,3%. Segundo Sales, a revisão ocorreu automaticamente, com a introdução dos dados de janeiro na série com ajuste sazonal.Matéria alterada às 14h42 para acréscimo de informações

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.