Produção industrial completa 3 anos de baixo crescimento

O resultado da produção industrial medida pelo IBGE, com alta de apenas 0,3% em 2003 sobre 2002, mostra que a atividade industrial completou uma série de três anos de baixo crescimento. Nos últimos dez anos, incluindo 2003, a indústria registrou sete vezes crescimento abaixo de 2,5%, segundo dados do Instituto de Estudos para o Desenvolvimento Industrial (Iedi). "A indústria vem deixando de ter o papel de impulsionar o crescimento que manteve por décadas no cenário da economia nacional", informa a Análise Iedi, divulgada hoje.O resultado de 2003 foi prejudicado especialmente pelo segmento de bens duráveis e não-duráveis, este último com um recuo de 5,5%. A explicação para esse comportamento está na queda do poder aquisitivo da população verificado no ano passado . A recuperação industrial no início de 2004 dependerá, segundo o Iedi, de um desempenho mais favorável dos bens semiduráveis e não-duráveis, além de um esforço adicional de redução das taxas de juros ao crédito as pessoas físicas. "Os juros ao consumidor, após um breve período de quedas entre junho e setembro, vem caindo de forma diminuta, com virtual estagnação dos spreads bancários que, como se sabe, se situam em níveis muito elevados", afirma o boletim da entidade.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.