Produção industrial cresce 11,9% sobre março 2003

A produção industrial cresceu 2,1% em março em relação ao mês de fevereiro. Em relação a março de 2003, cresceu 11,9%. O crescimento acumulado nos últimos 12 meses até março foi de 1,1% sobre março, com aceleração frente a taxa anualizada de fevereiro, que havia ficado em 0,1%. No primeiro trimestre do ano, o crescimento foi de 5,8%, superior ao do último trimestre de 2003, quando a produção cresceu 1,9%. Nos dois casos, em comparação com igual período do ano anterior.O crescimento de 2,1% de março para fevereiro é o primeiro resultado positivo depois de três resultados de queda nesta comparação e, segundo o IBGE, tem um perfil generalizado, atingindo 18 das 23 atividades pesquisas, em três das quatro categorias de uso. Comparando o primeiro trimestre com o último de 2003 na série com ajuste sazonal, houve queda de 1,2%. O índice de média móvel trimestral, que estava em queda no início do ano, em março mostra estabilidade, com aumento de 0,1% sobre fevereiro. Entre os ramos industriais, na comparação de março com fevereiro os destaques positivos foram máquinas e equipamentos (+11,2%), alimentos (+2,3%), material eletrônico e de comunicações (+9,8%), veículos automotores (+4,5%) e vestuário (+4,4%). Por categorias de uso, o segmento de bens de consumo semiduráveis e não-duráveis foi o único com resultado negativo (-0,5%). Bens de capital cresceu 1,9%, bens duráveis, 0,6%, e bens intermediários, 1,6%. Este último segmento está com crescimento nos últimos três meses, acumulando aumento de 2,2% no período.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.