Produção industrial cresce na maior parte do País

A produção industrial cresceu em 12 das 14 regiões pesquisadas pelo IBGE em abril. A maior expansão foi registrada no Amazonas (21,8%), enquanto as únicas quedas ante igual mês do ano passado ocorreram em Pernambuco (-1,5%) e no Rio Grande do Sul (-3,9%). Nas demais regiões, os resultados da produção em abril foram os seguintes: Goiás (18,4%); Ceará (11,5%); Minas Gerais (9,6%); Santa Catarina (7,9%); São Paulo (7%) Pará (6,6%); Região Nordeste (6,3%); Bahia (5,2%); Rio de Janeiro (5,2%); Paraná (5,1%) e Espírito Santo (5%). Para essa pesquisa, não há dados comparativos a mês anterior. No caso de São Paulo, o crescimento de 7% ficou acima da média nacional (6,3%) em abril, sendo que a indústria paulista acumula no ano alta de 5,6% na produção, impulsionada no acumulado sobretudo pelas indústrias farmacêutica (30,5%) e máquinas e equipamentos (13,1%). O resultado de abril ante abril de 2004 foi a décima oitava variação positiva consecutiva registrada pela indústria paulista, também impulsionada pelo segmento farmacêutico (20,5%) e máquinas e equipamentos (12,4%).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.