Coluna

Thiago de Aragão: China traça 6 estratégias para pós-covid que afetam EUA e Brasil

Produção industrial da França tem queda de 0,5% em setembro

A indústria francesa registrou uma queda de produção em setembro, influenciada pela forte retração na produção de veículos e pela queda em algumas categorias de produtos semi-acabados, informou a agência de estatísticas INSEE nesta segunda-feira. A produção industrial caiu 0,5 por cento em setembro, depois de ter recuado 0,4 por cento em agosto, informou a INSEE. A queda ficou praticamente em linha com as previsões de economistas consultados pela Reuters, que esperavam queda de 0,6 por cento. A indústria manufatureira, que exclui a produção de energia e produtos agrícolas, caiu 0,8 por cento. A maior queda foi registrada pelo setor automotivo, que amargou um tombo de 3,1 por cento. Houve também uma queda de 1,5 por cento na produção dos chamados bens semi-acabados, notavelmente em produtos metálicos, químicos e plásticos, além do recuo de 0,7 por cento na produção de energia. Por outro lado, a produção de bens de consumo, equipamentos e agricultura e alimentos avançou. (Reportagem de James Mackenzie)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.