Coluna

Thiago de Aragão: China traça 6 estratégias para pós-covid que afetam EUA e Brasil

Produção industrial da zona do euro cresce pelo 5o mês

Uma maior atividade nos setores de bens de capital, bens intermediários e bens de consumo não duráveis impulsionou a produção industrial da zona do euro em setembro, que marcou o quinto mês de alta na comparação mensal.

REUTERS

12 de novembro de 2009 | 08h26

A produção cresceu 0,3 por cento em setembro sobre agosto, informou a agência de estatísticas Eurostat nesta quinta-feira.

Sobre igual mês de 2008, a atividade continuou em queda, de 12,9 por cento em setembro.

Economistas consultados pela Reuters previam uma expansão mês a mês de 0,4 por cento e uma queda anual de 14,1 por cento.

A atividade de bens de capital aumentou 1,7 por cento em setembro sobre agosto. A de bens de consumo não duráveis cresceu 1,1 por cento e a de bens intermediários avançou 0,6 por cento.

A produção de bens de consumo duráveis declinou 6 por cento mês a mês e a de energia caiu 2,1 por cento.

(Por Jan Strupczewski)

Tudo o que sabemos sobre:
MACROEUROPAINDUSTRIA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.