Produção industrial da zona do euro sobe em outubro por bens de consumo

Uma forte alta na fabricação de bens de consumo manteve a produção industrial da zona do euro em alta em outubro apesar de forte queda no setor energético, informou nesta sexta-feira a agência de estatísticas da União Europeia.

REUTERS

12 Dezembro 2014 | 08h49

A Eurostat disse que a produção industrial nos 18 países que compartilham o euro avançou apenas 0,1 por cento em outubro sobre o mês anterior, com um ganho de 0,7 por cento na comparação anual. Economistas consultados pela Reuters esperavam alta de 0,2 por cento na base mensal e de 0,6 por cento na comparação anual.

A produção de energia caiu 1,9 por cento na comparação mensal e 2,5 por cento sobre o ano anterior.

Essa queda compensou a maior parte da alta mensal de 1,8 por cento nos bens de consumo não duráveis e o aumento de 0,9 por cento na produção de bens de consumo duráveis. Na base anual, a produção de bens de consumo não duráveis avançou 3,7 por cento, e a de bens duráveis subiu 0,2 por cento.

(Reportagem de Jan Strupczewski)

Mais conteúdo sobre:
MACROEUROPRODUCAO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.