Produção industrial da zona do euro sobe mais que o esperado em abril

A produção industrial da zona do euro recuperou-se com mais força do que o esperado em abril, na comparação mensal, graças à produção de energia e de bens não duráveis, de acordo com dados oficiais divulgados nesta quinta-feira, ampliando os sinais positivos de que a economia do bloco continua a crescer.

REUTERS

12 de junho de 2014 | 07h14

A produção nas fábricas dos 18 países que compartilham o euro cresceu 0,8 por cento em abril na base mensal após queda revisada para baixo de 0,4 por cento em março, contra expectativas do mercado de avanço de 0,4 por cento.

Na comparação com o mesmo período do ano passado, a produção avançou 1,4 por cento, após alta de 0,2 por cento em março, número revisado ante queda de 0,1 por cento divulgada anteriormente. Economistas consultados pela Reuters esperavam crescimento de 0,9 por cento na base anual.

A expansão mensal, mais forte em cinco meses, deveu-se principalmente ao aumento de 2,5 por cento na produção de energia, seguido por acréscimo de 2,1 por cento em bens de consumo não duráveis.

(Reportagem de Martin Santa)

Tudo o que sabemos sobre:
MACROEUROPRODUCAO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.