finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Produção industrial do Chile cresce 2,9% em setembro

A produção industrial do Chile registrou crescimento em setembro, impulsionada pelos ganhos nos setores de mineração e serviço. O Índice de Produção Industrial (IPI) registrou alta de 2,9% em comparação com o mesmo mês de 2012. Nos nove primeiros meses do ano o crescimento já soma 3,2%, segundo o Instituto Nacional de Estatísticas (INE).

Agencia Estado

29 de outubro de 2013 | 14h37

O setor de mineração cresceu 5,4% com a maior produção do cobre, principal produto de exportação do país. Em setembro, a produção do cobre subiu 5,4%, para 489.170 toneladas. De janeiro a setembro, o Chile produziu 4,2 milhões de toneladas do metal, um crescimento de 6,3% em relação ao mesmo período de 2012. O país responde por quase um terço da produção de cobre do mundo e também é um dos principais produtores de molibdênio, iodo, lítio, ouro e prata.

A produção de molibdênio cresceu 12,7% em setembro, para 2,7 mil toneladas. Nos nove meses do ano os ganhos já somam 17%, para 26,8 mil toneladas.

Já as vendas no varejo do Chile subiram 7%, o menor ritmo de crescimento mensal neste ano. As vendas em supermercados tiveram leve crescimento de 1,3% em bases anuais. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
Chilprodução industrialsetembro

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.