Produção industrial do Japão cai pelo 3º mês seguido

A produção industrial do Japão caiu inesperadamente em agosto, puxado pelos setores de maquinário em geral, aço, equipamentos de impressão, componentes eletrônicos e produtos de papel, enquanto as montadoras preveem grandes reduções à frente. A produção industrial declinou 0,3% em agosto na comparação com o mês anterior, de acordo com os dados divulgados pelo governo, enquanto as previsões apontavam para um aumento de 1,1%.

HÉLIO BARBOZA, Agencia Estado

30 de setembro de 2010 | 09h23

É o terceiro mês seguido de baixa, sob o impacto da redução das exportações e da fraca demanda doméstica. A produção industrial já havia diminuído 0,2% em julho e 1,1% em junho.

O Ministério da Economia, Comércio e Indústria revisou sua avaliação da produção industrial, dizendo que ela mostra uma tendência de queda e um cenário de enfraquecimento. Anteriormente, o Ministério havia afirmado que a produção industrial apresentava movimento de alta.

Entre as indústrias, as montadoras se mostraram as mais pessimistas em suas projeções, prevendo queda na produção de 10,5% em outubro, depois de uma baixa de 4,6% em setembro. As companhias preveem quedas maiores por causa do fim de um programa do governo, que vinha funcionando há vários meses e que estimulava os consumidores a comprar carros econômicos.

Varejo

As vendas no varejo do Japão aumentaram pelo oitavo mês seguido em agosto, na medida em que os consumidores ecologicamente conscientes enfrentaram o calor incômodo para comprar carros econômicos antes do fim de um programa subsidiado pelo governo, enquanto os fumantes trataram de estocar cigarros antes de um aumento do imposto sobre o produto.

Os dados do Ministério da Economia, Comércio e Indústria mostraram que as vendas globais do varejo em agosto cresceram 4,3% em agosto na comparação com o mesmo mês do ano passado. Em julho, o dado ajustado apresentou alta de 3,9% sobre o de julho do ano passado. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
indústriaproduçãovarejoJapão

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.