carteira

As ações mais recomendadas para dezembro, segundo 10 corretoras

Produção industrial dos EUA aumenta 3,2% em 2005

A produção industrial dos Estados Unidos aumentou 3,2% em 2005, informou hoje o Federal Reserve (Fed, o banco central americano). O dado, apesar de positivo, apresenta uma desaceleração ante 2004, quando a produção cresceu 4,1%. O órgão também afirmou que ao término do ano, a utilização da capacidade instalada (capacidade de produção da indústria utilizando seus meios atuais) chegou a seu nível mais alto desde outubro de 2000. Em dezembro, a produção de fábricas e minas, tanto estatais quanto privadas, cresceu 0,6%. A utilização das usinas subiu de 80,3% em novembro para 80,7% no período de apuração.Juros podem subirO aumento na utilização da capacidade industrial é um dado que pode preocupar o Federal Reserve. Já em dezembro, o banco advertiu que o aumento da demanda poderia aumentar as pressões de inflação, já que a indústria não tem mais capacidade para crescer utilizando seus meios atuais. Ou seja, a oferta estaria estagnada e a demanda em crescimento, o que gera inflação. Diante deste cenários, os juros nos Estados Unidos podem subir para conter este crescimento da demanda. Analistas esperam que o Federal Reserve faça, pelo menos, outros dois ajustes em sua política monetária nas próximas reuniões, que estão previstas para serem realizadas no fim deste mês e em meados de março.FábricasEm dezembro a produção das fábricas subiu 0,2%, um crescimento modesto que foi freado por uma queda de 2,8% na produção de veículos automotores e peças. Se os automóveis não forem levados em consideração, a produção das fábricas subiu 0,4%. A produção das minas cresceu em dezembro 2,5% e a produção nas centrais de serviços públicos subiu 2,7 %.

Agencia Estado,

17 de janeiro de 2006 | 17h43

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.