Produção industrial dos EUA cai 0,3% em agosto

A produção industrial nos Estados Unidos contraiu-se em agosto, pela primeira vez no ano, recuando 0,3%, de acordo com dados do Federal Reserve. A queda contrariou a previsão de 24 economistas consultados pela Dow Jones, que projetavam aumento de 0,1%. O dado de julho, no entanto, foi revisado em alta, apontando crescimento de 0,4% da produção, ante estimativa anterior de aumento de 0,2%. A utilização da capacidade industrial instalada ficou em 76%, o que correspondeu a uma queda de 0,2 ponto porcentual sobre o nível revisado de julho. Durante os dez anos de expansão recorde da economia norte-americana, entre março de 1991 e março de 2001, a média da utilização instalada era de 81,8%. O declínio na produção foi amplo, mas o ritmo produtivo do setor manufatureiro sofreu uma queda de apenas 0,1%. A produção das energéticas, especialmente das elétricas, teve uma retração mais forte, recuando 2,5%, após crescimento de 2,4% em julho. Os números refletem, parcialmente, o efeito do clima quente em julho e da temperatura mais fria observada em agosto. As informações são das agências internacionais.

Agencia Estado,

17 de setembro de 2002 | 16h55

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.