coluna

Dan Kawa: Separar o ruído do sinal é a única forma de investir corretamente daqui para a frente

Produção industrial dos EUA sobe com demanda aquecida; fábricas recuam

A produção industrial dos Estados Unidos cresceu mais do que o esperado em março, mas o avanço deveu-se a um aumento na demanda por serviços públicos durante uma frente fria, embora a produção tenha na verdade caído nas fábricas do país.

Reuters

16 de abril de 2013 | 10h44

A produção industrial cresceu 0,4 por cento no mês passado, informou nesta terça-feira o Federal Reserve, banco central dos EUA. Economistas consultados pela Reuters esperavam que a produção industrial aumentasse 0,2 por cento.

A produção manufatureira caiu 0,1 por cento durante o mês de março, suavizando parte de um ganho forte registrado em fevereiro. O declínio foi amplo, com a produção em queda dos metais primários e eletrônicos, embora a produção de carros tenha aumentado.

(Reportagem de Jason Lange)

Tudo o que sabemos sobre:
MACROEUAPRODUCAOINDUSTRIAL*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.