carteira

As ações mais recomendadas para dezembro, segundo 10 corretoras

Produção industrial européia cai 0,2%

A produção industrial na zona do euro caiu 0,2% em setembro, na comparação com agosto, o que correspondeu a uma retração mais modesta do que a esperada, de acordo com dados divulgados pela Agência de Estatísticas da União Européia (Eurostat).Os economistas previam uma contração de 0,5% no mês, considerando nos cálculos os números fracos apresentados por Alemanha, França e Itália, as três maiores economias da zona do euro.Na avaliação dos economistas, a produção tem sido abalada pelo declínio na confiança das empresas. As companhias estão reduzindo as encomendas por causa da ameaça de uma guerra no Iraque e dos temores de enfraquecimento dos EUA, maior economia do globo.Apesar do dado indicando contração, os economistas não trabalham com a hipótese de que a zona do euro esteja caminhando para uma recessão. Os economistas foram cautelosos ao preverem que o restante do ano será fraco em conseqüência do declínio das exportações.A estimativa oficial de crescimento do PIB da zona do euro em 2002 é de 0,8%, abaixo da previsão anterior de expansão de 1,4%. A Eurostat revisou em baixa os dados da produção de agosto, indicando que houve expansão de 0,2% e não de 0,6% como o divulgado anteriormente. Os economistas citaram que o crescimento de agosto foi extraordinário, citando os números pouco realistas da temporada de verão.Na comparação com setembro do ano passado, a produção industrial na região caiu 0,6%, mas o declínio foi inferior à retração de 0,7% prevista por economistas.

Agencia Estado,

19 de novembro de 2002 | 15h14

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.