Produção industrial sobe 1,6% e confirma aquecimento em SP

FGV avalia que resultado de setembro mostra que setor paulista segue o 'padrão nacional'

Alessandra Saraiva, Agencia Estado

10 de outubro de 2007 | 08h36

O Sinalizador da Produção Industrial (SPI) de São Paulo subiu 1,6% em setembro, na série com ajuste sazonal. Em agosto, o índice havia subido 1,7%. Essa foi a sétima edição desse indicador mensal, elaborado em parceria entre a Fundação Getúlio Vargas (FGV) e a AES Eletropaulo. O objetivo do indicador é de antecipar as tendências da atividade industrial no Estado de São Paulo.As instituições avaliam que o resultado "confirma o reaquecimento da atividade na indústria paulista, seguindo o padrão nacional". Ainda segundo as duas entidades, "na comparação com o mesmo mês do ano anterior, a taxa de crescimento da indústria paulista (em setembro desse ano) alcançou 9,9%, superando a taxa de 6,1% observada em agosto, na mesma base de comparação". A FGV e a Eletropaulo informam que os resultados mensais são preliminares, sujeitos a revisão.

Tudo o que sabemos sobre:
IndústriaFGVProdução industrial

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.