carteira

As ações mais recomendadas para dezembro, segundo 10 corretoras

Produtividade das empresas americanas sobe 2,6%

A produtividade das empresas norte-americanas subiu à taxa anualizada de 2,6% entre abril e junho, informou o Departamento do Trabalho dos Estados Unidos. O dado foi revisado de elevação à taxa de 1,8% calculada anteriormente.Segundo o departamento, a produtividade, ou produção por unidade de trabalho, avançou 0,7% no primeiro trimestre. A expectativa de economistas era de elevação de 2,4% na produtividade no segundo trimestre.Mão-de-obraO custo unitário da mão-de-obra subiu 1,4% no segundo trimestre, conforme dado revisado pelo Departamento do Trabalho e divulgado hoje. O custo é inferior à previsão anterior de aumento de 2,1% e das estimativas de revisão para 1,5%. O custo da mão-de-obra está, entretanto, 4,9% acima do mesmo período do ano passado, a maior apreciação desde 2000.A mão-de-obra é o custo mais importante da produção de bens e serviços. Se não é acompanhado pela produtividade, os custos maiores têm de ser repassados pelas companhias aos consumidores ou absorvidos por suas margens de lucro. As informações são da Dow Jones.

WASHINGTON, Agencia Estado

06 de setembro de 2007 | 10h07

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.