Renda extra

Fabrizio Gueratto: 8 maneiras de ganhar até R$ 4 mil por mês

Produtividade do trabalhador no campo dobra em 25 anos

A produtividade de um agricultor no Brasil mais que dobrou em 25 anos. Mas ainda é inferior a 10% do que produz um trabalhador do campo nos Estados Unidos. Segundo o levantamento da Organização Internacional do Trabalho (OIT), o setor agrícola foi o único a apresentar um incremento de produtividade no País desde 1980, com um aumento da taxa de 3,6% em valor agregado por trabalhador por ano.Em 25 anos, a produtividade do agricultor brasileiro passou de US$ 1,9 mil, em 1980, para US$ 4,5 mil, em 2005. Se os setores de pesca e madeira forem somados, a produtividade chega a US$ 5,7 mil por ano.Ainda assim, a produtividade de um trabalhador rural no Brasil é apenas uma fração de um norte-americano, que cria por ano ao PIB dos Estados Unidos cerca de US$ 52 mil. O trabalhador rural brasileiro produz para a economia um valor inferior ao argentino. No país vizinho, um trabalhador no campo agrega US$ 18,5 mil à economia por ano em produtividade.

Agencia Estado

03 de setembro de 2007 | 06h04

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

  • Será que o Pix é seguro? Veja dicas de especialistas
  • 13º salário: quem tem direito, datas e como a pandemia pode afetar o cálculo
  • Renda básica: o que é, quais os objetivos e efeitos e onde é aplicada

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.